Para contratação de mão de obra, seja para construir ou reformar, existem algumas regras básicas que podem ajudar você a não entrar numa fria.

Primeiro, deve-se definir exatamente o que se deseja. Para isso é importante o auxilio de um profissional de engenharia ou arquitetura. Com o PROJETO OU MEMORIAL DESCRITIVO  em mãos, vamos em busca da mão de obra.Procure contratar, sempre que possível, através de uma INDICAÇÃO CONFIÁVEL, a partir de então procure “verificar in loco” os serviços que este profissional diz ter realizado. Se possível converse com os proprietários, pergunte, seja curioso(a), afinal vc vai confiar suas economias a alguém que você acabou de conhecer.

NUNCA, Nunca, Nunca contrate baseando-se apenas em um preço global ou fechado.SEMPRE, Sempre, Sempre divida a contratação em ETAPAS e estipule valores justos para cada uma delas.NÃO PAGUE NADA ADIANTADO, lembre-se você dividiu a contratação em etapas justamente para que possa ter controle. Logo só havera pagamento após o término de cada etapa. Estipular DATAS para medição e pagamentos também é muito importante, pois embora vc seja o contratante, não quer dizer que você tenha a obrigação de dar dinheiro o tempo todo.

Não esqueça, você não contratou ninguém para ser seu amigo, portanto ao menor sinal de desacordo , não insista naquilo que você já está vendo que não vai dar certo. INTERROMPA ESTA RELAÇÃO! E se você dividiu os trabalhos em etapas bem definidas, não terá dificuldades para saber o quanto terá que pagar nesta hora. SEMPRE fiscalize, CONTROLE, e se possível, contrate um profissional para auxiliar…

Vc ainda tem DÚVIDAS?? Passa na Engenharia Ponto afinal sobre este assunto temos muito a falar….

Sou o Engenhaeiro Willians Klaesener e estarei a sua disposição na Engenharia Ponto. Se você já usou umas dessas dicas deixe um comentário abaixo.