Quando alugamos uma casa ou um apartamento, de modo geral, queremos que os ambientes tenham a nossa “cara”. Algumas coisas são possíveis e bem-vindas de serem feitas no novo lar. Veja várias sugestões do que vale a pena investir.

Mas, antes de pensar em mudar qualquer coisa, é importante você pensar se é permitido alterar alguma coisa. Isso, por que alguns proprietários proíbem até mesmo pequenas mudanças. Então é bom conversar sobre isso antes de assinar o contrato. faça uma vistoria junto com a imobiliária ou o proprietário e mostre os itens que deseja alterar no futuro ou imediatamente. O melhor é até fazer um relatório via e-mail de todos os itens verificados e alterados. Tire fotos do antes e depois para evitar dores de cabeça.

Sempre combine alterações; mesmo que algumas mudanças possam ser feitas pelo dono, como por exemplo, uma nova pintura ou troca de forros, se for algo feito por quem alugou a moradia, pode ser deduzido no valor do aluguel. Mas fica o alerta: tudo deve estar combinado antecipadamente. Se você quer uma pintura nova e o proprietário aceitou faze-la, certifique-se de que ficou bem claro que é o dono que está fazendo. Se ele aceitou que você faça a pintura, faça orçamentos de materiais e mão de obra antes de executar o serviço. O proprietário precisa aprovar o valor caso ele vá descontar do aluguel. Também é importante saber se tudo será descontado de uma vez ou se haverá um parcelamento.

Agora, claro que há mudanças que não valem a pena fazer, como trocar todos os revestimentos que não estão te agradando visualmente. Isso deve ser pensado antes de fechar o acordo contratual. Uma ideia para algumas áreas com revestimento, é o uso de papeis de parede. Não se gastará uma fortuna e pode ser removido no final do contrato sem estregar a parede. Se não gosta dos azulejos do banheiro e cozinha, outra dica é usar pisos adesivos. São fáceis de aplicar. Nem precisa de ajuda profissional. Outra ideia bem pedida é a fórmica, que ajudam a modernizar o ambiente e podem ser removidos facilmente se enjoar ou ter de entregar a casa. No caso dos pisos, uma alternativa não muito cara, são as réguas e mantas vinílicas. São fáceis de aplicar sobre o revestimento original e não faz sujeira.

E os móveis? Prefira móveis soltos. Nada de embutir ou planejados. Esse tipo de móvel vai complicar sua vida numa futura nova casa onde eles não servirão. Se a residência já tem móveis embutidos, uma boa ideia é dar uma renovada nas portas e gavetas. É uma alternativa que custa pouco e dá um resultado incrível. Claro que se você for fazer alterações de cor, por exemplo, é bom pedir autorização para isso, principalmente se as portas forem de madeira  pintadas com verniz e queremos pintar com outra cor que tire a aparência original.

Se não vai dar para pintar a parede ou trocar os revestimentos, sempre temos o poder de mudar o visual de um lugar. Pode-se comprar um tapete de modelo com medida padrão, que poderá ser usado em outro ambiente ou casa no futuro. Já se precisar melhorar a iluminação do ambiente, há os trilhos com spot, que podem mudar de lugar dentro da casa e ainda serem levados caso haja a mudança de endereço. Para os móveis, escolha aqueles que podem ser mudados de tamanho, os famosos modulares. Assim fica fácil de compor ambientes de tamanhos diferentes. O mesmo se dá no caso de sofás. Escolha estofados de dois e três lugares invés daqueles modelos enormes em “L”. Os modelos convencionais são fáceis de transportar e baratos para renovar o tecido.

A cozinha e banheiro sempre são os vilões da reforma, pois o mal uso de moradores anteriores podem deixar esses locais em estado lamentável. Nesse caso, você deve avaliar bem os tipos de reformas necessárias e se valerá a pena. Se compensar, até se podem trocar as cubas, metais e acessórios que podem até deixar o ambiente mais bonito.

Para ambientes externos, como jardins e garagens, a simples limpeza de pisos e revestimentos com produtos específicos de limpeza, já costuma dar um novo visual. Pedras naturais, pisos e fachada podem ser limpos por empresas do ramo. Uma recomendação é usar na decoração vasos com plantas resistentes a chuva, sol e vento. Manter o jardim bem podado e limpo é sinônimo de alegria. Nas garagens, sempre é possível fazer uma pintura nova. Como costuma ser um ambiente que suja com mais regularidade que o resto da casa, a pintura se deteriorar, dá a oportunidade de sempre renovar a pintura.

Alugar uma casa sempre será uma alternativa barata para quem tem pouco dinheiro ou não tem o suficiente para comprar ou construir. Porém vale salientar que alugar não trás segurança para os moradores. A qualquer momento algo pode acontecer e sermos convidados a se retirar. No caso de comprar uma casa, tem o fato de custos altos na compra e eventuais reformas. Porém há consórcios e financiamentos que, em longo prazo trará segurança e satisfação. Para construir uma casa envolve alguns custos iniciais, mas é possível administrar seus gastos e ir construindo conforme a disponibilidade financeira. Também há a vantagem de fazer tudo do seu jeito.